A nossa energia é proveniente dos nossos alimentos, mas não são todos os alimentos que podem fornecer energia.

Por exemplo: as vitaminas os sais minerais e a água são nutrientes, mas não fornecem energia para o nosso corpo. São importantes no processo de retirada de energia dos alimentos fornecedores, que são os carboidratos, as proteínas e as gorduras.

Mas, onde gastamos essa energia?

Você já ouviu falar de metabolismo basal, com certeza. Para quem ouviu, mas não sabe o que é, uma explicação básica:

Metabolismo basal são todas as atividades que nosso corpo tem que fazer para manter o funcionamento em repouso total e por um período sem atividade física, sem alimentação também.  Como exemplo, produção de hormônios, construção de novas células entre outras.  Para isso usamos cerca de 75% das nossas necessidades diárias de energia. Então se para vivermos bem, ou seja, mantermos a massa de músculos, a massa total, fazer digestão, andar, sentar, trabalhar, dormir, precisamos de 2000 calorias por dia.  1500 calorias serão gastas na manutenção do metabolismo basal. Os 25% restantes, as 500 calorias restantes gastaremos com nossas atividades do dia.

Nosso corpo não retira dos alimentos apenas a quantidade de energia necessária. Nosso corpo retira tanta energia quanto ele pode e isso quer dizer que se ingerirmos muita energia, nosso corpo também irá retirar muita energia e armazenará na forma de gordura.

Assim, se o seu gasto diário é 2000 calorias e você ingere 2300 calorias, o excedente acumula.

Outro ponto que vale ser levantado é que com o avanço da idade o metabolismo diminui.  Sim, com o avanço da idade necessitamos de menos energia para viver. A lógica é simples. Com o envelhecimento se você continuar a comer exatamente o que sempre comeu, vai engordar. Para evitar isso temos duas formas de agir. Diminuir a ingestão dos alimentos e/ou aumentar o gasto calórico. O que pode ser feito para aumentar seu gasto calórico diário é aumentar seu metabolismo basal e aumentar o seu gasto calórico.

A melhor forma e a única forma saudável é fazendo exercícios.

Mas não é necessário que sejam exercícios estruturados feitos em academias. É possível aumentar o gasto calórico com atividades diárias.

Há um programa lançado no Brasil pelo Dr. Victor Matsudo que se chama “Agita São Paulo” que passou a “Agita Brasil” e foi apresentado pelo American College of Sports Medicine como “Agita Mundo”. Esse programa prega o acúmulo de 30 minutos de atividades diárias.  Apenas 30 minutos podem auxiliar na manutenção da saúde e aumentar os gastos calóricos de forma significante.

Dicas simples como parar o carro longe de onde se deseja ir, subir as escadas e não usar elevadores e escadas rolantes, fazer a manutenção do jardim e pequenas atividades podem ao longo do dia acumular um bom gasto calórico.

Para quem não gosta de praticar exercícios programados e quer se manter saudável é uma boa ideia.


 

Quer saber mais sobre Saude e Bem Estar? Curta nossa página do Facebook.