Reserva Financeira. Quanto será que você precisa?
Reserva Financeira

Nesta época conflitante pela qual  estamos passando nunca a reserva financeira foi tão importante!

Situações como desemprego e problemas de saúde são imprevisíveis. Não queremos que elas cheguem, mas fazem parte da vida e podem acontecer com qualquer pessoa, até mesmo com você. Hoje você tem um padrão de vida que permite que viva com conforto e, de repente, não tem mais. A empresa em que trabalha decide fazer corte de pessoal e você acaba perdendo o emprego. Ou o impensável: o mundo está passando por uma pandemia…O que você faz?

Estas situações  podem realmente ser desesperadoras, mas podemos  atravessá-las com menos preocupação quando você possui uma reserva de emergência, que nada mais é do que uma determinada quantia de dinheiro que você pode retirar imediatamente caso seja necessário e que vai garantir a você tranquilidade financeira enquanto passa pela crise, seja ela qual for…

Se você é empreendedor, sabe que nenhum mês é igual ao outro. Eu tenho o meu próprio negócio, e no meu caso mais do que nunca é importante ter uma reseva  e, principalmente aprender a separar o que é meu e o que é da empresa. Quando você possui uma reserva de emergência, fica muito mais tranquilo passar por aqueles meses de maior incerteza no trabalho.

Muitas vezes você quer começar a fazer a sua reserva de emergência e não sabe por onde começar.

Quanto será que eu preciso?

O ideal é você primeiro saber quanto precisa por mês… Anote todas as suas despesas, sem esquecer de nada. Não deixe de incluir todos os seus cartões de crédito.  Se você já tem um bom controle financeiro, já tem uma ideia do quanto costuma gastar todos os meses. Se ainda não tem, a hora de começar é agora!

O recomendado é que se tenha uma reserva de emergência de  3 meses a 6 meses de suas despesas.

Isso significa que, se os seus gastos mensais são de $2,500 por exemplo, você deverá poupar para uma reserva de emergência o equivalente a entre $7,500 a $15,000.

Se você conseguir poupar mais, melhor ainda. Uma reserva de 8 a 12 meses de despesas correntes é o ideal, principalmente no caso de ser necessário procurar por um novo emprego  para que você não tenha problemas financeiros durante esse período.

E como se começa uma reserva?

A melhor dica é: seja realista. Não adianta estabelecer como meta poupar 10% do que você ganha, se no momento isso não será possível. O importante é começar de algum lugar. Guarde o que der nem que sejam $10 por mês e vá aumentando gradualmente esse valor.

Agora se você não consegue poupar nada, talvez seja preciso rever suas prioridades financeiras. É a hora do famoso Funil Financeiro, mas vamos falar do funil em outra ocasião…

Não é nada fácil ver aquele dinheirinho parado lá na conta, principalmente quando acontece alguma eventualidade ou alguma oportunidade aparentemente incrível aparece e precisamos de dinheiro imediatamente. Nossa, o carro quebrou, você precisa atualizar seu telefone que já está nas últimas ou surge uma oportunidade incrível de ir pra Disney com seus amigos no próximo feriado. Se o seu primeiro pensamento é retirar o dinheiro da sua reserva de emergência, para tudo!!!!! Hora de pensar inteligente….

Assim que você tiver juntado esses $7,500, por exemplo, aumente a sua meta para mais, até  você  chegar onde você  quer.

Agora super importante: se você utilizar esses $7,500 ou uma parte dele, reponha o dinheiro novamente o mais rápido possível. É claro que é tudo uma questão de controle financeiro e de saber diferenciar o que é urgente do que não é. E pra isso precisamos ser super honestos com uma só pessoa: nós mesmos.

Fica super ligado no que não é emergencial. Eu sempre digo aos meus clientes: você é o CEO de sua vida financeira. Tome as rédeas, trate das suas financas pessoais como se fosse uma empresa.

Vire chefe da sua vida!

Desejo a todos muita saúde e que possamos contornar esta situação da melhor maneira possível.

 

 

Claudia Fehribach é carioca, formada em Artes pela Universidade do Rio de Janeiro. Conselheira Certificada de Finanças (CPFC), Conselheira Certificada pelo HUD de Hipoteca Reversa( Reverse Mortgage) e especialista em Prevençāo de Foreclosure. Atua nos ultimos 8 anos em uma empresa sem fins lucrativos aprovada pelo HUD, DOJ e AICCCA. Proprietária de uma firma de planejamento de eventos, a Wellington Party Planners há mais de 10 anos. Apaixonada pela vida e por crossfit. E-Mail: cvidal37@icloud.com.

0 Comments

Comentarios?

Your email address will not be published.