A decisão da compra de um imóvel ja é uma realidade e você não sabe por onde começar?

Você e sua família estão prontos para a compra do primeiro imóvel, já sabem o quanto vão disponibilizar, possuem os valores aproximados de um financiamento e já estão aprovados para ele. Mas por onde começar a procura? Não se preocupe, muitas pessoas passam pelo mesmo dilema e se sentem perdidas nesse momento.

Aqui vão algumas dicas importantes:

1) Defina o que você deseja e o que você realmente pode ter.

Tenha em mente o tipo de imóvel que você (e sua família) procuram. Casa ou apartamento? Edifício com ou sem elevador? Dentro de um condomínio fechado ou não?

Estabeleça uma meta dentro de sua realidade, não só financeira mas também dentro do seu estilo de vida. Quantas pessoas irão morar na casa? Tenho tempo e dinheiro para cuidar de um jardim? Preciso de 4 quartos? Qual o valor da manutenção do futuro imóvel? Estou contabilizando impostos e taxas de condomínio?

Essa parece uma decisão simples, mas não é. A compra de um imóvel pode ser uma decisão temporária como: “vamos comprar esse apartamento de 2 quartos e quando nossa família crescer, vendemos e compramos uma casa de 3 quartos”. Ou pode ser uma decisão à longo prazo: “temos 3 filhos pequenos, quero 1 casa de 4 quartos, pois passaremos nossos próximos 25 anos nela!

Após definido o valor e as características do imóvel, vem o segundo passo:

2) Localização

Quais os bairros que mais me agradam? São seguros? Como é o comércio local de cada região? É perto do meu trabalho? Quanto tempo temos que dirigir se nos mudarmos para o bairro que quero?

Também nao é uma decisão simples, morar em frente a praia é o paraíso para quem gosta de começar o dia sentindo a maresia, dar uma caminhada ou um mergulho matinal. Mas imagine que essa localização te fará dirigir 30, 40 min para o trabalho. Imagine isso diariamente, ao longo de semanas, meses, anos. O que parecia um sonho pode se tornar um pesadelo, incluindo o fato de aumentar o seu custo diário com a gasolina.

Além da distância entre casa e trabalho, o que eu mais nos aflige hoje é a procura de boas escolas. Sim, o que devemos procurar primeiro? Boas escolas ou a casa dos sonhos?

Pode parecer exagero, mas não é.  Mais uma vez depende de cada família. Imagine a família com 3 filhos pequenos como os mencionados acima, em breve estarão indo para o Jardim da Infância e terão mais 13 anos de estudos pela frente.

Nesse caso, a pesquisa por boas escolas na região é um fator determinante para a compra da casa ideal.

Recém-casados que planejam aumentar a família em 3, 4 anos, vão ter uma visão totalmente diferente.

Hoje em dia, com o acesso à Internet, podemos facilmente fazer uma pesquisa em todas as escolas, comércio local, índice de criminalidade (outro fator importante).

Além de todas as pesquisas, o futuro comprador deve contar com um corretor de sua confiança, o que nos leva ao terceiro ítem:

3) Escolha do profissional

A escolha de um corretor de imóveis também é uma decisão importante nessa busca. Afinal você estará depositando nesse profissional a busca do imóvel dos seus sonhos, além do investimento. Todo imóvel é um investimento e ninguém quer fazer um mau negócio, certo?

Converse claramente com o profissional, seja direto e objetivo. Diga o que você tem em mente e pergunte ao corretor o que ele fará para lhe ajudar a alcançar essa meta.

Um bom corretor conhece o mercado imobiliário de sua região, está sempre atento às mudanças de mercado, conhece a região das boas escolas e o comércio local.

Mas principalmente, o corretor deverá captar a necessidade do cliente, estar à disposição para essa busca e possuir comprometimento com seu trabalho.

Pelos exemplos acima, já sabemos que uma casa nao é apenas um teto. A compra de um imóvel é a compra de um estilo de vida, é o comprometimento com os objetivos e metas que queremos para nossa vida!