A maioria das mulheres ganha muito peso durante a gestação. E quando falamos peso estamos falando do bebê e anexos embrionários, aumento das mamas, aumento do útero, aumento do tamanho do coração e do volume sanguíneo e claro aumento da porcentagem de gordura materna.

Após o nascimento do bebê o organismo materno inicia o retorno ao estado de antes da gestação com diminuição do volume sanguíneo, diminuição do útero e outas modificações. Porém, muitas vezes a gordura acumulada pode demorar muito ou mesmo pode permanecer e até mesmo aumentar.

Esta é uma das causas de obesidade e diabetes entre as mulheres.

O que leva uma mulher a engordar muito na gestação pode estar relacionado à aspectos sociais. Em uma sociedade na qual a maioria das mulheres engorda, isso tende a se repetir, pois o padrão de comparação é entre mulheres que engordaram. Outra coisa que muitas vezes atrapalha são os ditos populares.  Como por exemplo a ideia que se deve comer por dois. Mas, na verdade apenas no final da gestação a ingestão pode ser aumentada e mesmo assim não muito.

Nos primeiros meses o tamanho do bebê é mínimo e assim não há um aumento da necessidade calórica como se acredita. E ainda, muitas mulheres que passam a vida toda fazendo dieta e “brigando com a balança” no momento em que engravidam, sabendo que é comum engordar na gestação, deixam de cuidar da alimentação, infelizmente.

Vários estudos foram feitos na tentativa de entender qual a melhor forma de ajudar essas mulheres. Nesses estudos o que pode ser observado é que as mulheres que usaram apenas os exercícios como forma de emagrecimento tiveram menos sucesso que aquelas que fizeram exercícios e também controlaram a alimentação e também tiveram menos sucesso que aquelas que fizeram apenas uma dieta com restrição calórica.

O que se pode pensar então é que o exercício não vai ajudar. Mas, não é bem assim. As mulheres que fizeram exercícios e que também fizeram dieta com restrição de calorias além de emagrecerem não perderam massa magra, ou seja, músculo. E as mulheres que fizeram apenas dieta perderam muita massa magra, ou seja, músculos.

A conclusão é que a melhor forma para emagrecer após a gestação é uma dieta equilibrada e exercícios. Ambos devem ser prescritos por profissionais competentes, pois nesse momento a mulher estará amamentando e seu corpo voltando ao estado de antes da gestação.


Quer saber mais sobre Saude e Bem Estar? Curta nossa página do Facebook.