Novo alvo de golpistas – Portadores de Vistos de Estudante!

Por Renata Castro, Esq.

No último dia 6 de Abril de 2015, a procuradoria distrital de Manhattan (Manhattan District Attorney’s office), por meio de Cyrus R. Vance, Jr., anunciou a abertura de um processo contra a professora de Inglês como segundo idioma Jenetta Ferguson. Jenetta é acusada de roubar dezenas de milhares de dólares de estudantes da Europa e da Ásia portadores de vistos de estudante, ludibriando os mesmos com falsas informações de que ela poderia ajudá-los com processos de residência permanente nos EUA (green card) em troca de pagamentos em dinheiro.

Várias foram as supostas vítimas – cidadãos da Itália, Uzbequistão, Bangladesh, e Filipinas – que residiam nos Estados Unidos com vistos de estudante. De acordo com os documentos apresentados a justiça, Jenetta, que era professora de inglês em Manhattan, é acusada de ter oferecido aos estudantes green cards em troca de pagamentos que variavam entre US$ 8,500 e US$ 10,500 por pessoa. Jenetta nunca cumpriu com as supostas promessas, e que é acusada de ter recebido mais de US$ 30 mil dólares de pelo menos 6 vítimas.

Jenetta também é acusada de incentivar várias das vítimas a não renovar os vistos de estudante, deixando vários em situação irregular após o vencimento dos vistos.

O Dr. Vance reconheceu, em seu anúncio oficial, que vender em um país estrangeiro requer “coragem e determinação”, e que ele dá incentivo para todos os que acreditam que foram vítimas do golpe de Jenetta a entrar em contato com a central de casos imigratórios do escritório do Dr. Vance no número 212-335-3600, independente do status imigratório.

O caso de Jenetta é só mais um de vários que se repetem todos os dias, aonde pessoas desejosas de residir nos EUA são enganados, e aonde os estelionatários usam do visto de estudante para tirar dinheiro de vítimas inocentes.

O número de vistos de estudante emitidos para brasileiros nos últimos anos tem aumentado de maneira estrondosa, colocando a população brasileira em posição vulnerável a golpes.

Antes de tomar qualquer decisão relacionada a um visto de estudante nos EUA, é importante saber os seguintes fatos:

  • Somente um advogado licençiado é autorizado por lei a dar informações sobre questões legais.
  • Se você acha que está sendo vítima de um golpe imigratório entre em contato imediatamente com a divisão de Immigrant Affairs da Procuradoria Geral do Estado aonde você está (State Attorney’s Office). Vítimas em qualquer situação imigratória são aconselhadas a procurar ajuda.
  • Vistos de estudante não autorizam o portador a trabalhar, e uma violação desse termo pode causar a perda do visto e até proibição de entrada permanente nos EUA.
  • Não há limite de idade para obtenção do visto de estudante.
  • Visto de estudante não se torna um green card.