Natal é tempo de festas, alegrias e comemoração, mas não para todos. O Natal traz vários sentimentos.  Alguns, ou na maioria, sentimentos de felicidade, de troca de carinhos e atenção. E esse momento é esperado por todos nós para sentirmos e compartilharmos toda essa felicidade.

Mas, (sempre tem um mas), não para todos e com muita probabilidade, não para muitos de nós, imigrantes. Muitos de nós estão aqui sem a família, sem uma parte da família e isso pode doer muito. Nesse momento em que vemos todos se reunindo, ficando ansiosos pela chegada dos parentes, ou ansiosos por irem para o Brasil e nós não …dá um aperto no coração! Nós sentimos um aperto no coração, um nó no estomago, na garganta, nas costas, dói tudo e parece que não vai parar de doer nunca. Ficamos entre curtir o Natal ou desejar que ele passe e passe logo, para essa dor ir embora e de repente não termos mais motivos de chorar.

Que sentimento é esse? O que fazer para não sofrer? O que fazer com esse sentimento de tristeza e angústia? Eu poderia aqui discorrer sobre tantas pessoas que nunca tiveram Natal, que sofrem muito mais que todos nós juntos, mas isso não resolveria nada, porque continuaríamos a sentir saudades e uma grande vontade de estarmos juntos dos nossos amados.  Nosso problema parece que só irá se resolver quando estivermos todos juntos.

Essa dor que sentimos nos mostra o tamanho do amor que temos por essas pessoas que nos fazem tanta falta. Acredito que essa seja a chave para diminuir esse sofrimento.  O amor que temos por eles. Deixe esse sentimento te invadir, do jeito que vier, da forma que for, onde você estiver. Se estiver na casa de amigos eles irão entender seu silêncio, suas lágrimas, seu coração apertado de saudades. Se estiver em casa, só, se entregue ao sentimento de amor que invade nesses momentos.  Olhe de frente para a situação e veja o quanto você aprendeu a amar, o quanto é bom amar e desejar estar junto.

Então, perceba quantas vezes você esteve junto deles e não entendeu isso, não sentiu nada disso. Eles estavam tão disponíveis, tão perto. Nunca poderíamos imaginar que haveria um momento que seria impossível estarmos juntos. Na verdade, nem sabíamos que éramos capazes de amar tanto e que amávamos tanto.

A vida é assim, teima em nos ensinar todo o tempo, em qualquer lugar a qualquer momento. Nessas horas, a vida não se importa se você está bem, se está mal, se aguenta mais essa. É hora de aprender e a lição é dada. Claro que sempre existe a opção de não aceitar, de não fazermos a lição. Podemos sem dúvida reclamar, acharmos injusto e esbravejar muito. Mas esses sentimentos ruins nos levam para onde?  Nos resta olhar, aprender, crescer, melhorar e trabalhar.

Amar significa entre outras coisas ficar feliz, então vamos ficar felizes por amar, vamos sentir saudades e vamos chorar, mas não de tristeza. Vamos chorar de emoção por amarmos tanto e desejarmos tanto a união dos nossos amados. Nos próximos encontros, aproveite mais, curta mais diga mais vezes EU TE AMO.

Feliz Natal!


Quer ler mais sobre esses temas? Curta nossa página do Facebook.