Chegamos numa era que já não mais permite a separação da tecnologia na sala de aula. Ferramentas digitais se tornaram essenciais na formação de alunos e são capazes de transformar métodos de ensino em algo bem mais envolvente. Questionamentos sobre ética de uso criaram barreiras lamentáveis contra o uso geral de estudantes e professores, o que está cada dia mais se tornando inevitável, pois a aceleração exponencial de informática é capaz de acoplar conhecimentos globais e acelerar a receptividade de alunos… algo que para muitos já é indispensável.

Então… como criar um meio termo diante desta busca para melhorar e inovar dentro do espaço educacional?

Como permitir que o aspecto social, físico e pessoal de uma sala de aula não seja obscurecido pela tecnologia, mas sim elevado?

Conversando, ou melhor… #conversando.

Com o ano escolar que acaba de começar, o Departamento de Educação foi o anfitrião de uma conversa no Twitter usando #TeacherEdChat, onde fizeram perguntas sobre o uso da tecnologia na sala de aula e incentivaram a participação nacional de professores de diversas matérias e séries a participar.

Primeiro distinguiram sobre o uso de tecnologia de uma forma passiva e ativa.

Digital Use Divide

Fizeram as seguintes perguntas:

Ed Qs

E a repercussão foi incrível!

Em segundos, um conglomerado de idéias foi criado. Novas perspectivas, aprendizados compartilhados e reconhecimentos da necessidade de tal casamento entre a tecnologia e educação adiantaram discussões que mostram a busca de uma mudança.

Seguem alguns exemplos:

Response1

Response3

Response2

A conversa começou. O movimento continua. A mudança se aproxima!


Quer saber mais sobre Formação e Educação? Curta nossa página do Facebook.