Fazer da sua carreira seu propósito de vida
Fazer da sua carreira seu propósito de vida

É muito comum, hoje em dia, se falar em buscar um propósito de vida, uma missão e não apenas um trabalho.

Essa é uma tendência que percebemos numa geração mais jovem que buscam um sentido mais aprofundado para a vida, que viu seus pais exaustos em profissões que não gostavam e vivendo uma vida de duras batalhas e pouco prazer.

A mentalidade antiga sempre foi: se trabalho fosse para ser bom, não precisava ser pago.” Onde excluía o prazer dessa busca. Até que com a democratização da mídia, as pessoas começaram a perceber que algumas pessoas começam aliar o trabalho a uma vida mais prazerosa com mais liberdade e alegria. Essa janela aberta para a vida do outro, fez com que as pessoas fizessem comparações e umas entristeceram-se e outras motivaram-se.

As que sentiram-se motivadas, começaram a perceber que a vida pode ser mais do que horários e rotinas, chefes e obrigações.

Com a propagação da necessidade do auto-conhecimento, da Física quântica, onde trabalha a Lei da Atração e começa a ampliar a nossa responsabilidade de que os resultados que temos vem do direcionamento do nosso esforço.

Era comum, no passado, os filhos seguirem a profissão dos pais, hoje é mais comum as pessoas terem mais trabalhos, do que profissões.

A diferença disso, é que trabalho é a troca do tempo e esforço por dinheiro, mas a profissão, é o investimento em uma carreira, algo ligado aos dons e habilidades inerentes a cada um.

Você se preparar para descobrir o que tem natural habilidade para fazer, e parar para considerar a sua vocação, vai fazer toda a diferença no resultado que você terá de sucesso ou frustração.

Ter um objetivo definido com metas claras a seguir, muitas vezes envolve fazer trabalhos que não se gosta para adquirir experiência ou capital para investir nos próprios sonhos.

O ideal é saber o que se que se quer, e manter o foco, mesmo que trabalhe em outras coisas, para financiar o que deseja.
Uma coisa é certa: “Se você fizer só o que é fácil, você terá, uma vida difícil. E se você fizer o que requer esforço e dedicação, ou seja, o que é difícil, você terá uma vida fácil.”

Não importa a carreira que decidir seguir, se você tiver o “mindset” para suceder, você vai suceder.

James Dyson que inventou um aspirador de pó sem a bolsa descartável, criou 5,126 protótipos do seu produto que não funcionaram, e afirmou: “eu não via como protótipos fracassados, eu descobri 5,126 formas de não fazer o Aspirador de Pó.”

E para ter esse “mindset”, você precisa ter ou ser:

  • Resiliente: para se levantar quantas vezes necessárias.
  • Humilde: para aprender tudo o que é necessário para executar o seu planejamento.
  • Preparação: é melhor estar pronto para uma oportunidade que nunca chega, do que perder uma oportunidade por não estar preparado.
  • Disposição: tem que estar disposto a fazer o que a maioria não está.
  • Persistência: ouvir não sem se frustrar.
  • Inteligência Emocional: usar a raiva como estímulo para crescer e evoluir.
  • Calar o EGO: saber que a criatividade genuína, não vem do desejo do sucesso e da fama. A fama e o sucesso são consequências de um processo de criatividade genuína.
  • Disciplina: fazer o que precisa ser feito sem arrumar desculpas e, consistentemente.
  • Generoso: ninguém vence sozinho, saber reconhecer quem te ajudou na caminhada e recompensá-los.
  • Empático: quem não gosta de pessoas e não as trata como gostaria de ser tratado, pode ter sucesso financeiro, mas não sucede nos afetos e relacionamentos.

Para resumir, uso a frase de Henry Ford:
Se você pensar que você pode, ou se achar que você não pode, de qualquer forma, você está certo.”


Fale com a Danny

Mande mensagem para a Danny

Danny Bastos, Life Coach, Jornalista e autora do livro: “How to Empower your Kids”. Original de Niteroi, Rio de Janeiro e vivendo nos Estados Unidos há 19 anos.

0 Comments

Comentarios?

Your email address will not be published.