Entrada legal nos Estados Unidos por meio da Espanha?
Entrada legal nos Estados Unidos por meio da Espanha?

A Espanha acaba de aprovar um projeto de lei que permite que descendentes de judeus sefarditas, um grupo étnico que foi expulso do país por volta de 1492, recebam a cidadania Espanhola por meio de um processo legal relativamente simples e rápido.

Descendentes de judeus sefarditas precisam provar que cumprem com três requisitos para receber a cidadania espanhola, e essas condições são:

  1. Condição Sefardita
  2. Relação especial com a Espanha,
  3. Cultura & Idioma Espanhol.

Para provar a condição sefardita, alguns documentos são considerados adequados, tais como:

  • Um certificado emitido pelo Presidente da Comissão Permanente da Comunidade Judia da Espanha;
  • Um certificado emitido pelo Presidente da Comunidade Judia do país ou cidade de residência do candidato;
  • Um certificado emitido pela entidade rabínica competente, legalmente reconhecido no país de emissão;
  • Documentos familiares guardados ao longo das gerações, como certidões de nascimento, casamento, um Ketubah (que é um contrato Judio de casamento) escrito de acordo com a tradição dos judeus de Castela.

Receber a cidadania Espanhola é especialmente atraente para brasileiros, já que o visto E-2, que permite que investidores que abrem um pequeno negócio nos Estados Unidos vivam legalmente no país, não está disponível para brasileiros.  E o motivo é porque o Brasil não é um país signatário do tratado que extende tal benefício.

O processo de obtenção da cidadania Espanhola demora em média um ano.

 

Renata Castro, Esq. é advogada de imigração. Renata está disponível por E-Mail: renata@renatacastrolaw.com.

8 Comments

  1. Viviani Scardua

    Olá Dra. Renata, moro nos EUA meu sobrinho tem a dupla cidadania Espanhola e Brasileira e gostaria de estudar aqui no High School sem custos, como é o procedimento ? Vistos.

    Reply
    • Renata Castro

      Infelizmente o objetivo do seu sobrinho não pode ser alcançado em virtude da cidadania Espanhola. Para que ele possa ter acesso a educação gratuitamente nos EUA de maneira legal, ou ele recebe uma bolsa de estudos, ou ele recebe algum tipo de benefício imigratório (Como um green card ou visto de dependente de pais que podem residir nos EUA) para que possa estudar.

      A escola pública pode emitir vistos de estudante, mas somente para alunos que paguem pelo custo do curso.
      Atenciosamente, Renata

      Reply
  2. Diogo Bernardino

    Tenho nacionalidade Britanica, e vi que o Reino Unido faz parte dos países que podem requerer o visto E2. Como eu procedo? Qual o primeiro passo?

    Reply
  3. Ellen

    Infelizmente perdi minha nacionalidade Espanhola por falta de competência do consulado de Salvador, tenho certidão de lá, mas eles alegam q pq n fiz meu passaporte ate os 21 anos eu n fiz questão da nacionalidade e perdi devido a uma Lei q impoe isso, agora me diga como alguem q tem pai, avos e familia q mora lá não faz questão? Triste isso!!!

    Reply
    • RenataCastro, Esq.

      Ellen, que situação desagradável! Recomendo que você converse com um advogado licenciado na Espanha. Boa Sorte!

      Reply
  4. Celso

    Faltou dizer que é mais fácil ganhar na megasena que obter a nacionalidade espanhola por ser descendente de sefardita.
    A lei não foi feita para beneficiar ninguém e poucos e raros serão os que obterão a nacionalidade por está via.

    Reply
    • ISMAILDO PRATES

      ELLEN entra na pagina http://www.justicia.es ai se esplica como recuperar a nacionalidade Espanhola imigracao
      EU MOREI la 11 anos e tenho um advogado q trabalha excluivo com
      contacta comigo por email. e t darei mais datos
      pratescarrazoni@hotmail.com

      Reply
  5. Claudio

    Ola Dra. Renata, eu tenho dupla cidadania Brasileira e Espanhola… Que tipo de investimento seria para pegar esse visto E 1? Atualmente tenho visto de turismo e negocios no passaporte Brasileiro! Aguardo resposta! Atenciosamente
    Claudio Loureiro

    Reply

Comentarios?

Your email address will not be published.