Celebrar as grandes transições na vida é tão antigo quanto a humanidade.  Mesmo antes de existir a religião organizada, pessoas marcavam momentos importantes em suas vidas com cerimônia e música, com compromissos solenes e celebrações alegres.

A chegada de um novo membro na família seja por nascimento, casamento ou adoção é um dos mais significativos desses ritos de passagem.   Alguns casais , pai ou mãe seguem a tradição da família e optam por um rito religioso; outras famílias não são associadas a nenhuma religião, ou por divergências, gostariam de festejar de uma forma secular.  A cerimônia de bem-vindo (“Baby Naming Ceremony”) não tem a intenção de substituir um rito religioso.  É um tempo para a família, amigos e comunidade se unirem e oferecerem amor, apoio e encorajamento.  É hora para uma festa.

Apesar de não ter uma conotação religiosa, não significa que os progenitores não expressem elementos espirituais, valores e aspirações aos seus filhos.  O foco da cerimônia é do compromisso dos progenitores de criarem seus filhos(as) para que sejam criativos, solidários e pensadores críticos.

Em que consiste a cerimônia de bem-vindo ou de bem-vinda ao mundo?

A cerimônia de bem-vindo e uma celebração secular, também conhecida como “bem-vinda ao mundo”, que dá uma oportunidade de celebrar o nascimento,  adoção, enteados e uma forma de expressão dos votos da família para esse bebê ou criança.  Pode ser conduzida por algum membro da família, amigo ou um celebrante. Como a cerimônia não segue nenhum protocolo,  tem a flexibilidade de ser modificada de acordo com o visão dos pais para esse dia.  Não é muito popular entre os hispanos e brasileiros porém se faz valiosa pois celebra a chegada do mais novo membro da família de uma forma cheia de carinho, amor e união.

Onde é realizada essa cerimônia?

Normalmente é feita na casa da criança, um lugar para eventos ou num parque e contém os seguintes elementos: Boas vindas e Introdução, Leituras, Anúncio do Nome, reconhecimento dos avós, irmãos(as) e outros membros importantes da família, Nomeação de um mentor (es), Promessa dos Pais (Mães), Família e Amigos,  Apresentação de um presente, Votos e desejos para o futuro, outros rituais e Palavras Finais.

O(s) mentor(es) são uma forma de nomear um adulto de apoio, dentro do círculo familiar ou fora dele que se comprometa a manter um interesse especial no bem-estar e felicidade da criança. .

Se a criança adotada ou enteada(o) é significantemente mais velho(a), é necessário um tipo diferente de cerimônia, a qual pode incluir entrada especial da criança e a adoção do nome de família. É o reconhecimento do início de uma nova relação familiar por todos os envolvidos.

Há maneiras diferentes de receber os enteados em uma nova família . O foco da cerimônia é um reconhecimento especial da criança e a expressão de amor e compromisso por parte da nova família. Esse tipo de cerimônia pode ser profundamente comovente quando abraçam uma criança que tem idade suficiente para ser um participante ativo.

Essas cerimônias expressam o amor dos pais e o desejo de compartilhar com a família e comunidade a qual pertencem seus valores de uma maneira diferente, e lembrar que são compartilhados por ambos os religiosos e não-religiosos da mesma forma, como membros de uma mesma família – a família humana.