Depressão … melhor prevenir que remediar

A depressão é a doença do século. Debilita e deixa a pessoa a margem da sociedade. Alguns acham que é frescura, outros entendem e outros ainda não se importam muito. Mas é muito sério. Ficar triste tudo bem, faz parte. Quem não fica triste porque está com saudades, porque terminou um relacionamento, porque está sem dinheiro ou porque está chovendo e queria ir à praia. Mas, a depressão não é isso não, é mais, muito mais. É sem fim, é sem saída, é sem controle, é sem sentido. Solitária, escura, fria e sem graça.

Eu acredito muito que tudo pode melhorar e que tudo tem um sentido. Por isso uma das coisas que mais gosto de fazer é buscar ideias que possam ajudar as pessoas a serem mais felizes. Para isso leio e estudo. Foi lendo um artigo sobre depressão (1) que resolvi escrever este post. Nele são levantadas as principais interações entre os motivos de se ter depressão. São eles: um recente evento na vida muito importante, ou ter uma história familiar com pessoas que desenvolveram depressão e uma história pessoal de episódios depressivos do passado. Os pesquisadores estudaram então e perceberam que as pessoas que possuem antecedentes familiares com depressão são as mais prováveis para desenvolver episódios de depressão. Outro artigo (2) diz que os medicamentos antidepressivos não são tão seguros assim. Isso realmente não é uma boa notícia. Parece que os antidepressivos aumentam a possibilidade de infartos do coração, acidente vascular encefálico e ataque do coração.

Porém, por que é preciso tomar antidepressivos? Por que é preciso esperar a depressão bater na porta para então fazermos alguma coisa? Isso sim está errado. Certo a depressão existe, ela é grave e para ser tratada possivelmente a pessoa tem que tomar antidepressivos que não são medicamentos seguros e que podem matar por ocasionar outras doenças. Então vamos prevenir certo? Para mim a lógica é simples.

Vamos à solução. Vida saudável é a solução. Sem dúvida é melhor prevenir que remediar principalmente quando sabemos que os remédios não são tão bons assim. Movimente seu corpo, leve sua alma para passear, ande em parques, praias e lugares bonitos. Deixe-se encantar ao ver as crianças se divertindo em uma poça d´água. Encontre um tempo para revitalizar seu corpo. Lembre-se que seu cérebro só sabe o que você contar para ele, então olhe para tudo que for bonito e supra sua mente e seu cérebro com imagens boas.

Nutra seu corpo de forma saudável. Coma para se sentir bem e não apenas para se sentir repleto de alimento. Saboreie, perceba o paladar e respeite o seu limite, você pode comer de tudo, mas não tudo. E, claro, descanse. Repouse o seu instrumento de trabalho. Faça sempre o seu melhor, mas não mais do que pode. Não vai existir uma vida melhor se o seu agora foi ruim e danificar sua saúde. Você vai conquistar seus objetivos e não terá saúde para aproveitar seus prêmios.

1. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3918432/
2. https://medicalxpress.com/news/2017-09-antidepressants-significantly-elevated-death.html

A Dra. Ivani Manzo atende pessoas pessoalmente ou online, auxiliando a terem uma alimentação mais saudável, encontrando o melhor tipo de atividade física e melhor qualidade de vida.  A Dra. Ivani Manzo é PhD pela Escola Paulista de Medicina da Universidade Federal de São Paulo UNIFESP-EPM.  Há anos estuda o funcionamento do corpo humano. Acredita que a melhor forma de manter a saúde e a qualidade de vida é cuidando da alimentação, sono e fazer exercícios.   Para contato, visite: http://www.myclickcoach.com.

0 Comments

Comentarios?

Your email address will not be published.