O momento é propício! Início de mais um ano letivo, quando as dúvidas de pais e familiares imigrantes recém chegados ou residentes antigos recai sobre qual escola ou método de ensino, dentre os vários disponíveis nos Estados Unidos, é o que mais parece se adaptar às necessidades dos seus filhos.

Convidada pela equipe do Brasileirinho.com, resolvi compartilhar minha experiência já que trabalho na Coral Springs Montessori há 9 anos. Amo minha profissão e também o método Montessori que não conhecia a fundo quando morava no Brasil. Sou professora de crianças de 3 a 6 anos de idade.

Maria Tecla Artemesia Montessori Nascida em 31 de Agosto de 1870 Chiaravalle, Marche, Italy

Maria Tecla Artemesia Montessori
Nascida em 31 de Agosto de 1870
Chiaravalle, Marche, Italy

O Método Montessori é um modelo educacional desenvolvido pela médica e educadora italiana Maria Montessori.

Fundado no início de 1900, é um método de ensino bastante diferenciado que prepara a criança para o mundo proporcionando a ela a base necessária para ter sucesso in vários setores de sua vida.

Não é relacionado com o ensino tradicional e as diferenças são muitas.   Não somente o método é diferente como a estrutura física também: a exibição das lições na sala de aula, a ausência de carteiras, a utilização de mesas onde várias pessoas sentam-se juntas, o uso de tapetes, a ausência de “quadro negro”, são apenas alguns exemplos.

Maria Montessori acreditava que as crianças mais novas se espelham nas mais velhas e as mais velhas adoram fazer o papel de tutores.

Como cada criança desenvolve e melhora seu entrosamento social e acadêmico no seu próprio ritmo, cada uma delas se descobre trabalhando numa atividade diferente da outra, ao mesmo tempo. Podem até estar sentadas juntas na mesma mesa mas trabalhando em tarefas distintas: uma aprendendo o valor de cada número enquanto a outra tenta encontrar o som da primeira letra de um determinado objeto.

Uma sala de aula típica de Montessori - Em Indiana.

Uma sala de aula típica de Montessori – Em Indiana.

Claro que há situações em que elas precisam de um parceiro para completarem uma tarefa e também há situações nas quais as crianças aprendem juntas em pequenos grupos.  Quando elas dominam uma determinada tarefa, elas já podem mudar para a próxima que é sempre um pouco mais desafiadora.
A professora ensina a tarefa para cada criança de acordo com o seu interesse, habilidade e preparo mas dá essa tarefa também para as crianças mais velhas que já passaram por isso e tem suas habilidades acadêmicas e sociais um pouco mais desenvolvidas e um nível de responsabilidade mais elevado que o dos seus pares.

Cada criança aprende e desenvolve no seu próprio ritmo, não há competição. A professora esta lá para guiar, para ajudar, direcionar a criança para que possa aprender com amor e aceitação. O adulto se encontra ali apenas para criar um ambiente que irá estimular a criança e preencher suas necessidades.

Lições no Alfabeto Móvel

Lições no Alfabeto Móvel

Criança construindo a “Pink Tower” (Torre Rosa, símbolo de Montessori).

O método Montessori utiliza o sistema conhecido como “age combined” que

funciona perfeitamente com crianças de diferentes idades na mesma sala. A sala de aula é dividida em algumas áreas.

As crianças podem ficar na mesma sala durante 3 anos completos. Na minha sala, por exemplo, as crianças entram com 3 anos de idade e ficam até completarem 6.  Elas começam a estudar na área de “Practical Life” e vão explorando outras áreas de acordo com seu preparo e interesse. As demais áreas são: Sensorial, Math, Language, Geography, Science and Arts.

No próximo blog post, explicarei em detalhes o que elas aprendem nas áreas mencionadas acima, assim como os requisitos para que elas consigam se matricular nessas escolas.

Até breve!