Como Preparar seu Negócio para a Venda
Como Preparar seu Negócio para a Venda

Você sabia que empresas que são vendidas de modo não profissional perdem em média 50% de seu valor na venda?

Isso mesmo, não entre nessa estatística. Preparar seu negócio para a venda é essencial para que você alcance seu objetivo.

Existem profissionais especializados em compra e venda de negócios que podem ajudá-lo a “colocar a casa em ordem” antes da venda.
Os principais motivos para a venda de um negócio são: aposentadoria, gestão dividida (ou popularmente conhecida como dificuldades na sociedade), sucessão, falta de recursos e mudança de profissão.

Qual é o seu motivo?

Ter consciência do desejo de venda é o primeiro passo. Saber o que você está vendendo também. Você está vendendo um ponto comercial? Uma marca? Um produto? Você quer vendar a empresa toda ou apenas uma parcela?

Minha dicas:

1) O negócio

Faca uma lista da história de seu negócio. Desde a fundação, os investimentos, a aprendizagem adquirida, o treinamento e tecnologia necessários. Toda empresa tem uma história, conte a sua!

2) Documentação e Contabilidade

Coloque sua contabilidade em dia. Os documentos da empresa devem estar em ordem e disponíveis para o novo comprador. Tenha na ponta do lápis as informações sobre a lucratividade, o faturamento, o fluxo de caixa, dentre outras.

– Separe seus impostos; pagamentos, extratos bancários; garantias e notas dos equipamentos
– Faça uma lista de fornecedores e de prestadores de serviço
– Pague seus débitos e mantenha seu fluxo de caixa atualizado
– Mantenha seu cadastro de clientes atualizado
– As licenças devem estar em ordem.

Além da contabilidade, mostre ao futuro comprador as projeções de futuro: todo negócio tem uma área não explorada e que merece atenção, principalmente na hora da venda.

Tenha seu contrato de aluguel em maos e esclareça com o proprietário do imóvel quais seriam as condições de transferência de inquilino. (isso se o seu negócio estiver em um espaço alugado, claro).

3) Inventario

Faça uma lista de todo o inventario, com valores, depreciação, garantias etc

4) Determine o valor de negócio

Para definir um valor, todos os aspectos devem ser considerados: vendas, contas a receber, estoques e outros ativos, bem como dívidas pendentes, concorrência etc. O objetivo é identificar as ameaças e as oportunidades do negócio.

As pequenas empresas normalmente valem de três a seis vezes seu fluxo de caixa, mas tudo depende da saúde financeira da empresa, das tendências e da demanda do mercado, localização e outras variáveis. Para essa análise também leva-se em consideração quais são os riscos envolvidos para o novo comprador.

5) Contrate um Corretor de Negócios

O profissional qualificado o guiará em todas as etapas descritas acima, na divulgação da venda nos meios corretos e na qualificação do comprador. Venda de negócios, normalmente são confidenciais. O sigilo e a confidenciabilidade podem garantir o sucesso na venda, evitando boatos que possam danificar a imagem da empresa.

Entre o aceite de uma oferta e o fechamento do negócio, dois profissionais são fundamentais para o sucesso da venda: o contador, que fará a análise da empresa (incluindo licenças, inventario, etc) e o advogado comercial que redigirá os termos do acordo da venda (incluindo negociação com o “landlord”, fornecedores, e treinamento pós venda).

Esses dois profissionais normalmente são contratados pelo comprador e são pagos por ele. O vendedor também deve contar com o apoio de seu advogado e contador para acompanhá-lo na transição.

6) Due Diligence ou Auditoria

A Due Diligence nada mais é do que a conferência de todas as informações da empresa que foram passadas aos comprador durante o processo de compra. Nessa conferência estão incluídas: análise financeira, análise contábil e análise legal da empresa. Normalmente dura de 30 a 45 dias dependendo do tipo e tamanho de sua empresa. são conferidas as licenças do estabelecimento, negociação com o proprietário do imóvel etc.

Ao fim do período de auditoria, existem 3 possibilidades:
– O comprador concorda com o resultado e o contrato segue adiante
– O comprador não aceita o resultado e cancela a compra
– Comprador e vendedor renegociam os termos do contrato e seguem adiante.

7) Contrato e Fechamento

Uma vez que vendedor e comprador decidem prosseguir com a venda, chegamos na hora da marcar a data de fechamento. Como disse anteriormente, normalmente quem redige o contrato é o advogado do comprador, leia atentamente todas as cláusulas, muitas são consideradas padrão na aquisição de negócios.

Consulte sempre seu corretor, seu contador e seu advogado! Receita garantida para o alcance do seu objetivo!

Elizabeth Alderete, Corretora de Imóveis e de Investimentos na MS Realty e Consultora Financeira na Five Rings Financial, Empresária, Proprietária da TopStar USA Agência de Viagens e da InvestBrasilUSA Consultoria Imobiliária. Administradora, Decoradora e Paisagista. Atual presidente do Brazilian Business Group. Elizabeth, possui um talento natural de conectar pessoas e ajudá-las a atingir seus objetivos através de inúmeros eventos de networking que ela produz com muita maestria. Está também envolvida com causas humanitárias que sempre agregam valor à comunidade Brasileira e Americana. Email: elizabeth@investbrasilusa.com - Tel (754) 235-0052.

0 Comments

Comentarios?

Your email address will not be published.