Como planejar o entretenimento ideal para a festa do seu casamento
Como planejar o entretenimento ideal para a festa do seu casamento

Entretenimento: marcando os momentos, do primeiro ao último

Depois das primeiras decisões do casamento, como igreja, espaço, buffet, fotógrafo e outros profissionais, a noiva começa a cuidar da parte de entretenimento e das músicas: aquela etapa em que você escolhe como vai surpreender seus convidados e fazê-los lembrarem da sua festa para sempre.

Pense em música como o maestro que define o ritmo de seu casamento, marcando cada sequência, adicionando outro nível de significado para a sua cerimônia, estabelecendo um clima de convívio alegre na hora do cocktail, e fazendo com que todos fiquem grudados na pista de dança na hora da recepção.

Já o entretenimento é uma grande e extra dose de animação que vai surpreender seus convidados e fazer com que seu casamento se torne inesquecível. Hoje em dia as opções são infinitas, o que torna difícil a decisão de escolha. Claro que vai contar muito não só o seu gosto mas o orçamento também.

Mas lembre-se: a alegria dos noivos deve ser contagiante e ditar a animação da festa de casamento, senão de nada valem os profissionais contratados.

Vou abordar um tema um pouco complicado que é música e entretenimento para o seu casamento. Digo complicado porque isso varia em virtude de muitos fatores tais como a personalidade dos noivos, família, estilo de casamento, religião, cultura e tal.

Tentarei explicar os prós e contras entre a escolha de um DJ e uma banda, tipos de entretenimentos para sua recepção e é lógico, sobre a cerimonia, pois é na cerimonia que os seus convidados vão sentir e imaginar o que se esperar da recepção.

CERIMÔNIA

ceremonyAntes de você tomar qualquer decisão quanto ao estilo de música e quem vai gerar a música para a sua cerimonia, você tem que decidir aonde vai ser sua cerimonia. Igrejas e sinagogas, por exemplo, tem restrições de estilos de músicas e para trazer músicas de fora. Isso quer dizer que você pode ficar obrigado(a) a contratar os músicos deles e tocar o estilo de músicas deles também. Algumas igrejas só permitem músicas religiosas, tem sua própria organista o que lhe deixa mais restrito(a) ainda nas escolhas de seu repertório e às vezes tem coral.

 

Nesse caso, sugiro formular algumas perguntas básicas que possam lhe ajudar e muito na sua decisão :

  1. O que está incluso na sua taxa?
  2. Posso trazer músicos de fora?
  3. Que tipo de músicas posso tocar?
  4. Vocês tem uma lista de músicas que posso escolher? (caso tenha que contratar os músicos deles)
  5. Tem algumas taxa extra para os seus músicos?
  6. Devo dar gorjeta aos músicos?
  7. Quais são as regras para músicos e músicas na sua igreja? (ou sinagoga, templo, etc..)

Já se sua vontade é de ter uma cerimonia externa, em algum parque, praia ou jardim privado de residência, você tem que pesquisar os regulamentos de ruído. Isso abrange desde a altura do som, tipos de equipamentos permitidos até horários em que é permitida fazer sua cerimonia. Um evento externo, requer um ótimo sistema de som e lógico, o profissional que for providenciar a música tem que estar numa área protegida contra o sol. Uma vez identificadas suas limitações quanto ao espaço e local desejado para fazer sua cerimonia, você pode começar a pensar no tipo de música, nos músicos, no local que eles irão ficar e na quantidade caso opte por instrumentos clássicos ou banda.

Para a sua cerimonia você ira precisar escolher entre 5 a 7 músicas, logico que isso pode variar quanto a vontade dos noivos, mas esse é a ordem tradicional de uma cerimonia:

prelude

 

Prelude: Música ambiente, que é tocada enquanto os convidados chegam e escolhem seus assentos. Um conselho meu, se você optar em contratar músicos, feche com eles para músicas a tocar entre 30 a 45 minutos antes da cerimonia, isso te dará tempo caso a cerimonia comece atrasada. Como o prelude são as primeiras músicas que os convidados vão ouvir ao chegar em seu casamento, são essas mesmas músicas que dirá o tom que será sua cerimonia, pode ser que você não tenha ideia do que escolher, um bom profissional vai te aconselhar o que tocar baseado nas suas escolhas de suas músicas para o restante da cerimonia.
(Harpista)

 

 

processional

Processional: Música que sinaliza o início da cerimônia, tem que ser grandiosa pois vai ter a atenção dos convidados. Aqui você pode escolher uma música apenas ou uma música para cada entrada, que seria: (1) avós e os pais, (2) bridesmaids e groomsmen e (3) a noiva e seu pai.

Eu já fiz uma vez uma cerimonia na qual a noiva escolheu 6 músicas, ficou demais, claro, a música mal começava já tinha que ser trocada, e isso é um ponto negativo para seu casamento. Recomendo, caso o número de pessoas escolhidas para o processional seja grande, que a música deve que ser tocada no mínimo por 30 segundos, para os convidados aproveitarem. Outra coisa que influencia também no tempo é a velocidade que os participantes vão andar e a distancia da sua aisle. (Noiva e seu pai)

Interlúdio: Música tocada no meio da cerimonia, caso haja alguma cerimonia especial com “unity candle”, “sand ceremony” ou algum ponto importante da sua cerimonia. A maioria das noivas opta por músicas clássicas ou religiosas e só instrumental mas, eu já fiz cerimonia na qual um dos membros da família tocou e cantou durante esse momento especial, o que tornou tudo mais inesquecível ainda.

Recessional: Essa música começa ser tocada exatamente depois que o noivo e a noiva selaram a cerimonia com o beijo e viram de frente para os convidados. Essa música tem que ser triunfante e de muita alegria. Tem varias músicas clássicas que são perfeitas para esse momento mas eu sempre aconselho aos meus casais a escolherem uma música alegre que tem algum significado para os dois. Me lembro de um casamento que eu vou me lembrar pro resto de minha vida que foi de um casal escocês que em honra a tradição de seu pais, escolheram um “bagpiper” para escolta-los ate a saída da igreja. Nem preciso dizer o quanto os convidados deliraram com a cena.

Postlude: Música mantida ate o ultimo convidado se retirar da área da cerimonia. Nem sempre essa regra é seguida, caso você opte em seguir essa regrinha básica, na minha opinião, de educação, planeje apenas uns 15 minutos a mais depois de todos do processional já saíram.

Em se tratando de cerimonia não existe regra quanto a música, caso você não seja daquela noiva super tradicional e seu local permite qualquer tipo de música, nesse caso o que prevalece é o bom senso. Mas lembre-se, não é porque você gosta de uma estilo de música que seus convidados e familiares vão gostar também. Você pode usar músicos com instrumentos clássicos, DJ ou ate mesmo coral, como eu já disse antes, tudo vai depender do local escolhido, tamanho do espaço, numero de convidados e estilo de cerimonia.

Uma vez eu estava numa reunião com a noiva e os músicos que iriam tocar na sua cerimonia, detalhe os músicos eram clássicos e tocavam no máximo algumas músicas românticas populares, enfim, a noiva queria que eles tocassem uma música que era um hip hop que eu não me lembro agora qual era. Logico que não foi possível, primeiro porque os músicos não sabiam e nem teria como tocar um hip hop no violino e segundo porque o casamento dela era todo tradicional e formal. O ponto que eu quero chegar é que certas músicas você precisa deixar para a recepção e mesmo assim pensar 3x se os convidados mais velhos vão gostar e suportar ouvir certos tipos de músicas.

O casamento é seu, mas a celebração é de todos, lembre-se sempre disso. Sem convidados não ha celebração, portanto você deve sim levar cada um deles em consideração na hora de escolher as músicas.

Seguem abaixo as músicas tradicionais mais tocadas em cerimonias, uma mistura de música clássica, religiosa, romântica e moderna:

PreludeProcessionalInterludeRecessionalPostlude
“Jesu, Joy of Man’s Desiring” (Bach)“Bridal Chorus” from Lohengrin“Hymne a I’Amour” (Josh Groban)“Wedding March” (Mendelssohn)“Water Music: Air” (Handel)
“Air on a G String” (Bach)“Here Comes the Bride” (Wagner)“Wedding Song” (Peter, Paul and Mary)“ode to Joy” (Beethoven)“Exsultate Jubilate: Alleluia” (Mozart)
Trumper Concerto, 2 Moviment (Torelli)“Trumpet Tune” (Purcell)“The Prayer” (Celine Dion and Andrea Bocelli)“Hallelujah Chorus” (Handel)“Waltz in A Flat” (Brahms)
“Vocalise” (Rachmaninoff)“Trumpet Voluntary” (Clarke/Purcell)“Ave Maria” (Schubert)“The Arrival of the Queen of Sheba” (Handel)“Wedding Day at Troldhaugen” Op.65, No. 6 (Grieg)
“On Wings of Songs” (Mendelssohn)“Canon in D” (Pachelbel)“Clair de Lune” (Debussy)“Beautiful Day” (U2)“All you Need is Love” (The Beatles)
“Largo, from Winter” (Vivaldi)“Here Comes the Sun” (Beatles)“The Swan” (Saint-Saens)“La Rejouissanace from Royal Firework” (Handel)“Allegro from Spring” (Vivaldi

Eu particularmente prefiro para a cerimonia a música apenas instrumental, sem a voz, não importa ela ser clássica ou não, dá mais ar de cerimonia, formalidade e principalmente seriedade. A música instrumental mexe com o emocional das pessoas e eu posso lhe afirmar, que até aqueles noivos durões e que batem no peito e dizem que não choram, são os primeiros a chorar ao ver a noiva entrar na aisle. Muitas noivas escolhem a música do recessional com voz, então a letra da música tem que conter dizeres de alegria e amor, nada de piadas ou palavras que não tenham nada a ver com o momento.

Caso você não tenha uma wedding planner para lhe ajudar conte com seu profissional de confiança contratado, explique como será sua cerimonia e o casamento num todo, assim ele poderá lhe auxiliar com as músicas corretas. E se você tem um sonho de entrar com um quarteto de violino, realize esse sonho, pois não há nada mais bonito e emocionante do que uma noiva andando com seu pai na aisle, ao som de violinos ao vivo.

No próximo texto falarei sobre o “cocktail hour” e a tão esperada recepção, yay! E caso alguém tenha alguma dúvida,  por favor estou pronta para esclarecer.

Cintia Googins, brasileira, formada em Publicidade & Marketing e foi piloto de automobilismo por 4 anos. Está nos E. Unidos  há 12 anos e tem experiência em online retailer e blogger. É formada como Wedding & Event Planner pela New York Institute of Art and Design e fundou a Cintia’s Unique Events (https://www.facebook.com/CintiaEvents/) que com sua experiência, conhecimento e talento, tem uma reputação de compreender exatamente o que fazer com que cada cliente se sinta único e especial,  tornando o casamento dos sonhos em realidade. Extremamente organizada e detalhista tem como paixão sua família e o trabalho.  Para contato: email: cintiagoogins@cintiasuniqueevents.com, ou telefone:  (561)374-3982.

0 Comments

Comentarios?

Your email address will not be published.