A Associação Americana de Advogados de Imigração – AILA, enviou notificação aos seus membros pedindo informações a respeito das batidas imigratórias que supostamente estão sendo realizadas desde o dia 1º de janeiro de 2016.

Nos dias 24 e 25 de dezembro, jornais como o Washington Post e New York Times publicaram matérias que abordavam o plano do ICE (Immigration and Customs Enforcement) de dar batidas imigratórias.  Repórteres contactaram o ICE, que não refutou a existência dos planos, mas também não confirmou informações a respeito.

Até o momento, apenas uma batida em Atlanta foi reportada pelo website www.mundohispanico.com, no dia 2 de janeiro, mas a informação não foi confirmada por autoridades.  De acordo com a reportagem publicada, foram pelo menos 5 casas visitadas por ICE.

AILA informou a seus membros que a imigração estaria concentrando seus esforços em famílias da América Central,  as quais teriam comparecido a audiências imigratórias, contrariando especulações anteriores de que o ICE estaria concentrando sua atuação em imigrantes com ordens de deportação e que não compareceram a audiências.

Também não há indicação que a imigração esteja diferenciando sua atuação para pessoas que tem histórico criminal ou não.


Quer saber mais sobre imigração? Curta nossa página do Facebook.