A importância de um profissional durante suas caminhadas
A importância de um profissional durante suas caminhadas

A prática de exercícios está cada vez mais comum, e isso é ótimo. Porém, muitas pessoas que nunca tiveram o hábito de fazer atividade física estruturada (a isso damos o nome de exercícios) podem estar errando, ou no mínimo aproveitando mal os exercícios e o tempo de exercício.

Você acha que não é importante o acompanhamento de um profissional nas suas caminhadas?

Um estudo1 de revisão avaliou os efeitos da caminhada em esteira, em pessoas que apresentavam dor nas pernas, com supervisão profissional e sem a supervisão. Nesse estudo foram avaliados o tempo máximo de caminhada em esteira ou a distância máxima percorrida. Foram analisados 14 estudos englobando 1002 pessoas entre homens e mulheres.

Os exercícios foram feitos três vezes por semana com e sem supervisão de um profissional. Os resultados mostraram que as pessoas que fizeram as caminhadas com supervisão não só caminharam por mais tempo ou distâncias maiores como também apresentaram diminuição da dor ou a dor sumiu, quando foram comparadas com as pessoas que caminharam sem a supervisão de um profissional.

Alguns dos leitores podem estar pensando que andar é algo que todo mundo sabe e que não há nada que se possa corrigir. Eu sugiro que as pessoas que estão pensando isso reservem alguns minutos (basta alguns minutos) em um shopping, ou na praia, ou no calçadão e observem a marcha das pessoas. A primeira coisa que será facilmente observada é que a marcha varia muito de pessoa para pessoa. Então, nem todas podem estar corretas certo? Mas o que significa isso?

Se você tem uma marcha errada (caminha com algum vício de pisada ou de balanço de quadril) e caminha cerca de 1 milha por dia, pode ser que nada ocorra e que você nunca tenha problema ortopédico. Mas se você aumentar a distância ou o tempo de caminhada, a repetição do erro irá aumentar a dimensão das consequências e assim a dor irá se instalar.

Algumas providências simples podem evitar esse problema e, claro o profissional poderá ajudar muito nisso. Foi isso que ocorreu nos estudos feitos. Com a ajuda dos profissionais as pessoas foram corrigindo erros, que mesmo pequenos, se tornavam um grande problema quando a repetição era  frequente. Com isso o motivo da dor foi corrigido e claro, a dor sumiu.

Não se pode afirmar que a presença de um profissional irá ajudar todas as pessoas e que todas as pessoas que têm dor irão se beneficiar. Mas, a maioria delas sim. E isso é importante. A sugestão é que você preste atenção na sua marcha, preste atenção se quando você caminha sente dor em alguma parte do corpo que sentiu sobrecarga. Caso isso ocorra, com certeza você deve procurar a orientação de um profissional.

Supervised exercise versus non‐supervised exercise for people with leg pain while walking (intermittent claudication)

This version published: 2013; Review content assessed as up-to-date: September 18, 2012.


Quer saber mais sobre Saude e Bem Estar? Curta nossa página do Facebook.

A Dra. Ivani Manzo atende pessoas pessoalmente ou online, auxiliando a terem uma alimentação mais saudável, encontrando o melhor tipo de atividade física e melhor qualidade de vida.  A Dra. Ivani Manzo é PhD pela Escola Paulista de Medicina da Universidade Federal de São Paulo UNIFESP-EPM.  Há anos estuda o funcionamento do corpo humano. Acredita que a melhor forma de manter a saúde e a qualidade de vida é cuidando da alimentação, sono e fazer exercícios.   Para contato, visite: http://www.myclickcoach.com.

0 Comments

Comentarios?

Your email address will not be published.