O “sonho americano” não tem definição específica, mas entende-se geralmente como ter casa própria e estabilidade financeira.  É óbvio que todo imigrante brasileiro quer ter sucesso nos Estados Unidos, porém muitos deixam de seguir certas diretrizes que fizeram com que outros alcançassem o mesmo sucesso.  Às vezes é o caso de simplesmente copiar certos hábitos e objetivos dessas pessoas que passaram por muitas dificuldades, mas que hoje em dia podem dizer que alcançaram o sonho americano.

Eu costumo dizer: “America was made one dream at a time”.  Um sonho de cada vez.  Hoje seu foco pode estar em comprar uma casa ou ter um emprego estável ou estudar.  Cada sonho virá em em seu tempo, mas antes você precisa dominar certos hábitos que são o alicerce para seu sucesso.  Quais são eles?

1) Falar inglês corretamente

Não precisa ser sem sotaque, mas um inglês que você possa conversar com americanos sem ter que dizer:  “how do you say that in English?” ou misturar palavras em Português.  Quando vc puder se comunicar sem a ajuda de outros, você terá atingido o objetivo. Se as pessoas tiverem dificuldade de lhe entender, essa é uma dica de que você precisa melhorar.  Escute essas dicas e aceite que hoje pode estar bom, mas precisa estar muito melhor.

2) Ter um trabalho, mas sempre pensar em uma carreira

Você hoje pode estar trabalhando em um sub-emprego, mas tem que estar fazendo algo para avançar profissionalmente no futuro.  Está trabalhando em construção mas já pensou em como tirar a licença de “contractor”? Está trabalhando como manicure mas já averiguou onde tirar a licença de esteticista?  Nunca fique estagnado, tenha sempre um plano maior além do que está fazendo atualmente.

3) Conhecer os hábitos e costumes locais e assimilá-los

Viver em outro país requer aprender como os locais vivem e assimilar os bons hábitos.  Querer viver com os hábitos nossos em outro país somente atrasa a nossa assimilação e aumenta a rejeição ao estrangeiro.  Respeitar o silêncio dos vizinhos, cuidar da aparência das nossas casas, jamais levar vantagens ou prejudicar as pessoas.  Observe, pergunte, repita o que seus companheiros de trabalho, vizinhos ou amigos fazem corretamente.  Seja conhecido pelo seu nome, e não pela alcunha de “o brasileiro”.

4) Informar-se sobre o governo daqui e as leis que lhe protegem

Muitos brasileiros que conheço não sabem como funciona o sistema judicial americano, as leis estaduais, federais e as vezes nem conhecem certas leis básicas que precisam seguir.  Você pode se informar  simplesmente escutando as notícias locais e nacionais na televisão diariamente.  Muitos optam por não se informar sobre o que acontece onde moram mas sabem tudo sobre o que acontece no Brasil.  O máximo que se informam é sobre leis que protegem o consumidor.  Isso não lhe ajudará com a vida nos Estados Unidos.  Observe, pergunte, informe-se sobre leis trabalhistas, leis que te protegem como inquilino e até como paciente.

5) Pagar impostos e educar-se financeiramente

Independente da sua situação imigratória, declarar imposto de renda é uma estratégia que você deve adotar.  Não largue tudo nas mãos de um contador, eduque-se financeiramente. Conheça como criar e sustentar uma pontuação de crédito para que você saiba como economizar corretamente. Isso será necessário para sua futura compra de um imóvel, o que fará com que você chegue bem mais pertinho do tão famoso “american dream”.  Leia mais sobre a importância de pagar imposto de renda. 

Resumindo:  se você sabe de alguém que está fazendo a coisa certa, copie o caminho das pedras.  Não tente reinventar a roda, o caminho geralmente é o mesmo para todos.

Boa sorte!


Quer saber mais sobre Adaptação à Cultura Local? Curta nossa página do Facebook.